Exército considera situação de Temer "muito ruim", mas descarta intervenção militar



O Comandante Geral do Exército, general Eduardo Villas Bôas, praticamente descartou a possibilidade de intervenção militar no Brasil, apesar dos apelos de parte da direita brasileira. Em um encontro com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, Villas Bôas afirmou que "o importante é manter a normalidade democrática e o cumprimento à Constituição". O general também disse que o pronunciamento do presidente Michel Temer foi "convincente", mas que a forma como Temer se encontrou com o empresário da JBS é "muito ruim". A informação é do jornal Estadão.

Exército considera situação de Temer "muito ruim", mas descarta intervenção militar Exército considera situação de Temer "muito ruim", mas descarta intervenção militar Reviewed by Wilson Oliveira on 01:42:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.