Após ataque terrorista em Barcelona, Polônia recusa entrada de muçulmanos

00:30:00 0 ''



Após o último ataque terrorista em Barcelona, o chefe de Segurança Nacional da Polônia, Pawel Soloch, anunciou que o país não receberá imigrantes muçulmanos. Soloch ainda disse que vê "um número crescente de refugiados e muçulmanos e uma onda de terrorismo". A declaração dele é a mesma do Grupo Visegrád com Hungria, Republica Tcheca e Eslováquia, que resistem à redistribuição dos imigrantes.

A informação é do Breitbart.