Quase 85% dos professores de historia são de esquerda

13:17:00 0 ''

Imagem relacionada

Um estudo chamado “Esquerda ou direita?" feito por Caroline Pacievitch, professora de História da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Luis Fernando Cerri, professor de História da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), sobre as visões ideológicas dos professores de história, mostrou que no Brasil 84,5% dos profissionais da área se consideram de esquerda ou centro-esquerda, enquanto 15,5% são de direita ou centro-direita.

O levantamento foi feito com 288 professores do Brasil, Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai e em todos os países a esquerda ficou à frente. Deles, a Argentina e o Paraguai são os mais voltados à direita.

O resultado do estudo parece  explicar uma pesquisa com professores realizada pela Unesco em 2004. Ao afirmar que liberdade e igualdade são importantes, mas qual dos dois, na opinião dos entrevistados, era o mais importante, a maioria respondeu a igualdade, algo mais considerado pela a esquerda

A pesquisa talvez explique o protestos do projeto Escola sem Partido que combate a doutrinação nas salas de aula. Muitos pais e alunos tem criticado alguns professores por não ministrar um conteúdo de forma imparcial, mas sim de maneira doutrinária.

A informação é da Gazeta do Povo