2 mil alemãs se reúnem para protestar contra a imigração em massa



Um protesto organizado pelo grupo Zukunft Heimat o Future Homeland , contou com a presença de 2 mil pessoas para protestar contra a violência que cresceu após o aumento da imigração em massa, em Cottbus.

Cerca de 600 pessoas também estiveram presentes no evento para protestar contra os manifestantes.

Os protestos ocorrem após uma série de atos violentes de imigrantes contra moradores locais. Em um caso, um sírio atacou um casal com uma faca.

O governo da cidade publicou uma declaração proibindo a entrada de novos requerentes de asilo. Cottbus juntou-se a várias outras cidades alemãs como Delmenhorst, Wilhelmshaven e Salzgitter na Baixa Saxônia, que proibiram a ida dos recém-chegados no ano passado.

A cidade não é a única cidade na Alemanha a lidar com o aumento da criminalidade causada pelo imigração em massa. Na capital alemã de Berlim, a área de Alexanderplatz foi transformada em algo que alguns estão chamando de "zona de não-retorno"  devido ao influxo de traficantes de drogas e pequenos ladrões.

De acordo com a polícia de Berlim, a presença de mais criminosos na área também provocou uma onda de ataques sexuais. A polícia diz que o número de incidentes dobrou de 2016 a 2017.

A informação é do Breitbart Lodon
2 mil alemãs se reúnem para protestar contra a imigração em massa 2 mil alemãs se reúnem para protestar contra a imigração em massa Reviewed by Unknown on 15:31:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.