Brasil cai em ranking de liberdade econômica

Resultado de imagem para temer

A Heritage Foundation atualizou o seu ranking de liberdade econômica na última semana e o Brasil voltou a cair. O país é somente o 153° mais livre do mundo e perdeu 1,5 ponto em relação ao estudo do ano anterior, além de ser um dos últimos colocados na América.

O instituto destacou a crescente dívida pública e os esforços do presidente, Michel Temer, em colocar em ordem as contas públicas através da Pec dos Gastos Públicos.

Também foi destacado os casos de corrupção do ex-presidente Lula e de Temer, como as trapalhadas econômicas de Dilma Rousseff.

Sobre o tamanho do governo a Heritage Foundation destacou: "A taxa de imposto de renda pessoal é de 27,5%. A taxa corporativa padrão é de 15% mais outros impostos, incluindo um imposto sobre transações financeiras, tornam a taxa efetiva de 34%. A carga tributária global equivale a 32,0% da renda doméstica total. Ao longo dos últimos três anos, as despesas do governo totalizaram 40,5% da produção total (PIB), e os déficits orçamentários atingiram uma média de 8,4% do PIB. A dívida pública equivale a 78,3% do PIB".

Outros países

O líder do ranking é Hong Kong, seguido de Singapura, Nova Zelândia, Suíça e Austrália. Todos eles, exceto os australianos, aumentaram suas pontuações.

Os Estados Unidos também aumentaram a sua pontuação e são a 18° economia livre do mundo.

A expectativa é da situação do país do melhorar na próxima edição, já que essa colheu dados até o primeiro semestre de 2017.

Por causa da reforma trabalhista e de uma possível reforma da previdência, o Brasil também pode melhorar a sua posição no próximo ranking.


Brasil cai em ranking de liberdade econômica Brasil cai em ranking de liberdade econômica Reviewed by Unknown on 12:13:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.