Escândalo: Trump e campanha foram investigados por motivações políticas, diz dossiê

O presidente dos EUA, Donald Trump, defenderá seu registro econômico no endereço do Estado da União

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, autorizou a  publicação de um memorando que mostra motivações políticas em investigações de agentes do FBI. O documento também fala de abusos de investigadores do FBI e do Departamento de Justiça sobre membros da campanha de Trump na investigação da suposta conspiração entre Trump e Rússia.

As informações mais importantes do documento são:

- O alto escalão do Departamento de Justiça e do FBI sabiam e usaram motivações políticas pessoais para investigar membros da campanha de Donald Trump. Nada era feito de forma imparcial, mas sim de maneira pessoal;

- Um dossiê anti-Trump falso, financiado pela campanha de Hillary Clinton e o Comitê Nacional Democrata, foi usado pelo FBI como prova para investigar um colaborador da campanha de Trump chamado Carter Page;

- O espião britânico Cristopher Steele, que foi o autor do dossiê falso anti-Trump, falou à corte britânica que se encontrou com representantes de diversos veículos de comunicação, dentre eles o Yahoo News, sob ordens da Fusion GPS (empresa que também esteve por trás desse dossiê). O FBI e o Departamento de Justiça dos EUA usaram como fonte um artigo publicado pelo mesmo Yahoo News, cujo representantes se encontraram com Steele. Ele passou informações falsas que foram publicadas no site. Portanto, os órgãos de investigação usaram uma fake news como fonte;

- A esposa do oficial do oficial do Departamento de Justiça Bruce Ohr, Nellie Ohr, ajudou na produção do falso dossiê, mas o FBI o o Departamento de Justiça não divulgaram essa conexão no pedido de autorização da FISA.

- Membros dos órgãos de investigação dos EUA estavam desesperados para Trump ser derrotado;

- O vice-diretor do FBI, Andrew McCabe, falou ao Comitê de Inteligência da Câmara em dezembro de 2017 que as investigações não teria avançado sem o falso dossiê;

- Um dos membros mais importantes do FBI na investigação sobre a possível conspiração entre Trump e Rússia chamado Peter Strzok, trocou mensagens de texto com sua amante Lisa Page com viés anti-Trump.

A informação é do Breitbart
Escândalo: Trump e campanha foram investigados por motivações políticas, diz dossiê Escândalo: Trump e campanha foram investigados por motivações políticas, diz dossiê Reviewed by Unknown on 19:19:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.