FAKE NEWS: Quebrando o Tabu divulga dado falso

A página esquerdista "Quebrando o Tabu" fez uma postagem sobre o número de tiroteios em escolas nos Estados Unidos. No entanto, a informação postada foi falsa.

Foi compartilhada a seguinte imagem:

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

A informação é falsa. Primeiramente porque a imprensa norte-americana falou de 18 ataques e não 19 como a postagem diz.


Conforme O Congressista já noticiou ontem: "é falso o número de que houve neste ano 18 tiroteios em escolas nos Estados Unidos. Em um incidente de 3 de janeiro, um homem atirou em um antigo estacionamento da escola. No dia 10 de janeiro, um adolescente se matou em uma escola primária do Arizona. Em 4 de janeiro, um tiro foi disparado em uma escola secundária em Seattle através de uma janela de escritório; ninguém foi ferido. Em 10 de janeiro, um tiro foi disparado quebrando uma janela da sala de aula da Universidade do Estado da Califórnia . Não foram relatadas lesões. No mesmo dia, no Texas, uma bala foi acidentalmente disparada através de uma sala de aula no Grayson College Criminal Justice Centre. Ninguém ficou ferido. Em 15 de janeiro, uma bala percorreu o dormitório de um salão residencial. Não foram relatados ferimentos. No dia 25 de janeiro, um estudante do ensino médio do Alabama, atirou uma arma no campus. Ninguém ficou ferido. Em 26 de janeiro, em Dearborn, Michigan, disparos foram feitos de um carro em um estacionamento, nenhum ferimento foi relatado. Em 5 de fevereiro, em Maplewood, Minnesota, uma pessoa puxou o gatilho da arma de um policial. Ninguém ficou ferido. No dia 8 de fevereiro, em Nova York, um tiro foi disparado dentro de uma escola. Ninguém ficou ferido.

No casos onde uma pessoa foi feriada além do atirador, ocorreu no dia 22 de janeiro, no Texas, onde uma adolescente foi ferida por tiros de uma arma semi-automática. No mesmo dia, em Gentilly, Louisiana, um menino de 14 anos ficou ferido em um tiroteio. No dia 1 de fevereiro, Los Angeles, Califórnia: cinco crianças ficaram feridas após tiros serem disparados acidentalmente. Em 5 de fevereiro no Maryland, um adolescente foi baleado e ferido fora de uma escola secundária.

Houve morte somente nos casos do dia 20 de janeiro, Winston-Salem, Carolina do Norte, onde um jogador de futebol americano foi baleado e morto. No dia 23 de janeiro no Kentucky, duas pessoas foram mortas e outras 15 foram baleadas na escolas. Em 31 de janeiro, após uma briga em uma escola secundária da Pensilvânia, um homem de 32 anos foi baleado e depois morreu.

Portanto, muitos desses "tiroteios" foram disparos acidentais ou ocorreram fora das escolas. Sem contar com o caso da Flórida três morreram e 17 feridos."

O jornal norte-americano Washington Post também publicou uma matéria sobre a falsidade desses dados.

Desses 18, somente cinco ocorreram em horário escolar, dentre os quais três foram intencionais, mas sem relato de feridos e os outros dois foram acidentais: um disparo de um policial e uma outra pessoa, mas que era licenciada.

O Congressista precisa de sua ajuda. Nos faça uma doação através do nosso apoia.se

FAKE NEWS: Quebrando o Tabu divulga dado falso FAKE NEWS: Quebrando o Tabu divulga dado falso Reviewed by Unknown on 23:37:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.