Mulheres criticam Fórmula 1 pelo fim das grid girls

Furiosas, grid girls se manifestam contra decisão

Na última semana, a Fórmula 1 anunciou que acabará com o desfile das grid girls por por causa de mudanças na marca.

"A prática de empregar 'grid girls' na Fórmula 1 é uma tradição, mas sentimos que esse costume não faz parte dos nossos valores e é claramente questionável nas normas sociais modernas. Não acreditamos que essa prática seja apropriada ou relevante para Fórmula 1 e para os seus fãs, antigos e novos", disse o comunidade oficial.

Porém, diversas grid girls e ex-grid girls protestaram contra a decisão.

"Então o inevitável aconteceu, baniram as grid girls da F1. É ridículo que as mulheres que dizem estarem "lutando pelos direitos das mulheres", estão dizendo o que se pode ou não fazer, nos impedindo de realizar um trabalho que amamos e temos orgulho de fazer. O politicamente correto enlouqueceu", disse Rebecca Cooper que já trabalhou cinco vezes.

"Eu amo o meu trabalho. Eu sou respeitada, bem paga e orgulhosa de representar o time para o qual trabalho. Não é certo que ninguém, incluindo feministas, julgue nosso trabalho quando estão deixando tantas mulheres sem emprego. Onde está a igualdade e o empoderamento nesse caso?", disse a grid girl Lucy Stokes da motovelocidade.

A Fórmula 1 anunciou que colocará crianças no lugar das grid girl

A informação é do Globo Esporte
Mulheres criticam Fórmula 1 pelo fim das grid girls Mulheres criticam Fórmula 1 pelo fim das grid girls Reviewed by Unknown on 14:06:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.