"O cristianismo é a última esperança da Europa", diz primeiro-ministro da Hungria

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, durante a conferência de imprensa com o primeiro-ministro búlgaro, Boyko Borisov, na sequência de uma cúpula governamental bilateral da Bulgária e da Hungria em Sofia, Bulgária, em 19 de fevereiro de 2018.

O primeiro-ministro Viktor Orbán discursou sobre a imigração em massa e a política de fronteiras abertas da União Européia para países islâmicos. Ele  falou que isso "abriu caminho para o declínio da cultura cristã e o avanço do islamismo".

Orbán afirmou que a imigração em massa de islâmicos colocou países da Europa Ocidental, principalmente a França e a Holanda, em um vácuo existencial.

"O cristianismo é a última esperança da Europa", disse Orbán.

"De acordo com estimativas, a proporção de imigrantes crescerá em um ritmo acelerado nos países europeus a oeste de nós", disse Orbán. "Eu nem vou dizer nada sobre a França e a Holanda, mas até mesmo os nativos alemães estão sendo forçados a voltar da maioria das grandes cidades alemãs, pois os imigrantes sempre ocupam as grandes cidades primeiro".

Orbán também falou que a migração islâmica se espalhará pela Europa Oriental e colocará o cristianismo em risco de crescer novamente no continente.

"Isso significa que a civilização islâmica, que sempre considera sua vocação para converter a Europa ao que ela chama de fé verdadeira, no futuro estará batendo na porta da Europa Central não só do sul, mas também do oeste, " ele disse.

A informação é do The Daily Wire
"O cristianismo é a última esperança da Europa", diz primeiro-ministro da Hungria "O cristianismo é a última esperança da Europa", diz primeiro-ministro da Hungria Reviewed by Unknown on 15:03:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.