Para Jungmann, no RJ pessoas pedem segurança mas financiam o tráfico

Resultado de imagem para raul jungmann

O ministro da Segurança, Raul Jungmann, tomou posse em Brasília e além de falar do sistema prisional brasileiro, também criticou a classe média do Rio de Janeiro.

"Pela frouxidão dos costumes, pela ausência de valores, pela ausência de capacidade de entender o que é lícito e ilícito, passam a consumir drogas. Me impressiona no Rio de Janeiro, onde vejo as pessoas durante o dia clamarem pela segurança, contra o crime. E estão corretas. E à noite financiarem esse crime pelo consumo de drogas. Não é possível! São pontas que muitas vezes se ligam e precisam de estratégias diversas para serem devidamente combatidas".

Ele também disse que o Brasil "prende muito, mas prende mal". "Nosso sistema carcerário cresceu 171% e o déficit de vagas hoje se encaminha para 400 mil vagas".

"Estamos prendendo, mas estamos perdendo essa corrida. Prendemos muito, mas prendemos mal. Além disso, nossa justiça criminal apresenta uma face, em que pese o trabalho de todos os operadores da justiça, muito negativa. Aproximadamente 27% a 30% de quem se encontra atrás das grade estão lá por causa das drogas. Apenas 8% dos homicídios cometidos chegam à fase da denúncia. O resto praticamente não é julgado, não tem continuidade", afirmou o ministro.

Jungmann também falou que as "prisões são o home-office do crime organizado".  Ele também afirmou que no sistema prisional brasileiro que surgiram as facções criminosas do país.

Ele também justificou a criação do Ministério da Segurança.

"Por que o Ministério de Segurança Pública? Eu diria que a União precisa aumentar suas responsabilidade e coordenar os entes federados. Coordená-los e integrá-los. Combater duramente, enfatizo, duramente, o crime organizado, mas sem jamais desconsiderar a lei e os direitos humanos. Existem aqueles que propõem combater o crime através da barbárie, desconsiderando as leis. O estado e a sociedade não podem se equiparar ao crime organizado, não podem, sob pena de a ele se igualar.".

A informação são dos jornais O Globo e Estadão
Para Jungmann, no RJ pessoas pedem segurança mas financiam o tráfico Para Jungmann, no RJ pessoas pedem segurança mas financiam o tráfico Reviewed by Unknown on 14:35:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.