Sobre índios e índios


Por Márcio Scansani 
Autor convidado e editor da  Armada

Nesse carnaval, o coletivo (que palavra idiota; ou melhor que uso idiota para a palavra) Catraca Livre lançou mais uma polêmica destinada a dividir a sociedade, cheios de amor que eles são: “Índio não é fantasia”. A coisa foi de uma estupidez tão acachapante que primou pelo ridículo e só atingiu índios manipuláveis, mas que não dispensam a Coca-Cola, os iPhones e as pick-ups gigantes, que ninguém é de ferro. Os demais certamente morreram de vergonha alheia.

Apenas mais uma das agitações sociais de quem não tem nada melhor para fazer e passa suas porcas horas pensando em como ajudar a destruir ainda mais a civilização que permite que eles próprios existam, sonhando com o futuro redentor onde eles próprios, já sem utilidade, serão descartados como papel higiênico usado.

Mas me lembrou que enquanto isso, lá mais ao norte, continua na ativa uma banda de índios cherokees e lakotas chamada Blackfoot, que não está nem aí com essa frescura de “apropriação cultural”, há mais de 30 anos transformou elementos de sua cultura em produto vendável, misturou-a com a música dos brancos e dos negros, tão americanos quanto eles próprios, aliás, e a vende a todo mundo. Zero de coitadismo e som de primeira.

Confira o som deles:



O Congressista precisa de sua ajuda. Nos faça uma doação através do nosso apoia.se
Sobre índios e índios Sobre índios e índios Reviewed by Unknown on 13:15:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.