"Vou para outro trabalho", diz Tiffany sobre possível proibição de trans em competições femininas

12:51:00 0 ''



Tiffany, transexual que atua na Liga Feminina de Vôlei, falou sobre a possibilidade de um dia não participar das competições com mulheres.

"Estou muito tranquila. Se mudar a lei, vou para outro trabalho sem problema nenhum, como qualquer mulher. Mas, no momento, a lei está comigo", disse após a derrota de seu time, o Bauru, diante do Osasco, na última sexta-feira.

Nos últimos dias, a Federação Internacional de Vôlei anunciou que estudará mais sobre a possibilidade de trans jogarem as competições femininas de vôlei.

O técnico da seleção feminina brasileira, José Roberto Guimarães, disse que se Tiffany merecer jogará pela seleção.

"Fico feliz que o técnico da seleção brasileira respeite a lei. Enquanto a lei estiver ao meu lado, vou fazer o meu melhor para ser convocada", disse Tiffany.

A informação é do Globo Esporte