Igreja lidera marcha contra aborto na Argentina


Enquanto avança no congresso argentino um projeto para legalização do aborto por qualquer motivo, o povo e a Igreja Católica daquele país foram às ruas para protestar neste domingo. As manifestações arrastaram uma multidão poucas vezes vista, mesmo num país acostumado a protestos - a movimentação aconteceu em várias cidades.

Os protestos começaram a ser organizados por movimentos sociais de direita, mas a Igreja Católica da Argentina depositou toda sua força e ficou com o protagonismo. Muitos padres e bispos foram vistos com cartazes neste Domingo de Ramos. Os membros da Igreja fizeram algo considerado pouco usual: postaram nas redes sociais fotos com sinais contra o aborto e usaram a hashtag #ValeTodaVida.

O protesto foi classificado como "em defesa de crianças não nascidas" e 'sim à vida, não ao aborto". Um palco foi instalado na Praça Itália, em frente ao Museu de Belas Artes, em Buenos Aires, local de maior concentração. Um palco foi instalado. Representantes de categorias profissionais discursaram contra o aborto na capital e nas demais cidades. O maior ovacionado foi um médico, de Córdoba, que agradeceu a sua mãe por não ter pensado em abortá-lo, mas sim em tê-lo vivo.

As informações são do jornal Clarín.

Igreja lidera marcha contra aborto na Argentina Igreja lidera marcha contra aborto na Argentina Reviewed by Wilson Oliveira on 11:28:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.