Jungmann defende que presos não tenham contatos com visita

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, durante cerimônia em Brasília (DF) - 03/02/2018

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, discursou na abertura da 13° Feira de Segurança Pública, em São Paulo e defendeu a construção de parlatórios nos presídios para evitar contatos físicos entre os presos e visitas.

"Vocês já viram em filmes: tem um vidro, tem um telefone, e tudo aquilo que é conversado é registrado. Se houver necessidade, requisitam-se ao juiz aquelas informações”.

"É uma maneira de acabar com esse fluxo de informação para dentro e para fora. Mas isso, evidentemente, dependerá de um acordo [com os governo estaduais] a ser feito e da normatização, para que a gente possa definitivamente romper os laços entre o comando do crime, que está dentro do sistema prisional, e aqueles que estão na rua aterrorizando o povo”, disse Jungmann.

O ministro também defendeu: "Quem cometeu um crime hediondo não deve ter praticamente nenhum direito à progressão de pena. O nosso problema não está em penas mais longas, está em rever alguns regimes de progressão".

Ele ainda disse: ”Não é possível que o sujeito cometa um crime hediondo, um sequestro seguido de morte e, em poucos anos, pela progressão que aí está, ele esteja na rua. Isso é inaceitável”.

A informação é da Veja
Jungmann defende que presos não tenham contatos com visita Jungmann defende que presos não tenham contatos com visita Reviewed by Unknown on 16:24:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.