Pesquisador diz que é impossível mudar o sexo de uma pessoa

Transgênero

Falar de "mudança de sexo" é cientificamente incorreto, diz pesquisador o da Heritage Foundation Ryan T. Anderson em um artigo, uma vez que é impossível mudar o sexo de alguém, mesmo que o encha hormônios ou faça cirurgia na pessoa. Uma pessoa pode fingir ser um membro do sexo oposto, afirma o autor. Anderson também argumenta que o sexo biológico é algo fora do controle do individuo.

"A ciência moderna mostra que nossa organização sexual começa com nosso DNA e desenvolvimento no útero e que as diferenças de sexo se manifestam em muitos sistemas e órgãos corporais, até o nível molecular", escreve Anderson .

O sexo biológico é resultado da composição genética, determinada pela configuração cromossômica, a medicina não pode transformar uma garota em um menino.

"A cirurgia e os hormônios sexuais cruzados não podem nos transformar no sexo oposto", escreve Ryan. "Eles podem afetar aparências. Eles podem mudar ou danificar algumas expressões externas de nossos órgãos reprodutores. Porém, eles não podem transforma-los. Eles não podem nos mudar de um sexo para o outro ".

De acordo com o Dr. Lawrence Mayer, do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins, a ciência não está do lado da ideologia de gênero.

"Do ponto de vista científico, os homens transgêneros não são homens biológicos e as mulheres transgênero não são mulheres biológicas. As afirmações ao contrário não são sustentadas por uma grande quantidade de evidências científicas ", disse ele.

Assim, contrariamente às reivindicações de ativistas, o sexo não é "designado" ao nascer e, portanto, não pode ser "reatribuído", escreve Anderson.

A informação é do Breitbart
Pesquisador diz que é impossível mudar o sexo de uma pessoa Pesquisador diz que é impossível mudar o sexo de uma pessoa Reviewed by Unknown on 16:43:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.