Delegado da PF diz que é hora de Temer, Aécio e Alckmin serem presos

Resultado de imagem para temer e aecio

O delegado da Polícia Federal, Milton Fornazari Junior, responsável pela Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros de São Paulo, falou em suas redes sociais que “Agora é a hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos (Temer, Alckmin, Aécio etc.) Se isso acontecer, teremos realmente evoluído. Se não acontecer, infelizmente tudo poderá entrar para a história como perseguição política.”

Ele também afirmou que "Objetivamente ele [Lula] recebeu bens, valores, favores e doações p seu partido indevidamente".

A publicação foi realizada enquanto o ex-presidente Lula era preso. Após a repercussão, o delegado apagou o post. Em seguida ele escreveu "Para você que gosta de me monitorar aqui, não adianta se articular, vamos continuar prendendo os corruptos de todos os gêneros”.

Fornazari Junior já esteve envolvido em investigações sobre o Cartel do Metrô em São Paulo. e desvio recursos nas obras do Rodoanel que levou à prisão de Paulo Vieira de Souza, ex-diretor do Dersa, classificado como o operador do PSDB paulista.

Em nota, a Polícia Federal afirmou publicou: "as declarações proferidas são de cunho exclusivamente pessoal e contrariam o normativo interno referente a manifestações em nome da instituição.

A informação é do Congresso em Foco
Delegado da PF diz que é hora de Temer, Aécio e Alckmin serem presos Delegado da PF diz que é hora de Temer, Aécio e Alckmin serem presos Reviewed by Unknown on 13:45:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.