O socialismo fabiano e sua importância


Por Anderson Rodrigues

Bolcheviques e mencheviques formavam as duas alas do partido comunista antes da revolução Russa. Os bolcheviques eram marxistas raivosos, acreditavam que para impor o socialismo nada melhor do que usar da violência e invasão armada das propriedades privadas (o MST do século XX). Também pregavam a abolição das fábricas e o assassinato de toda classe burguesa que assim lhe parecessem ou que fizessem oposição aos revolucionários bolcheviques.

Entretanto, os mencheviques agiam de outra maneira, mas tinham o mesmo objetivo final, o comunismo. Gostavam, naquele período, de se auto-nomearem sociais-democratas e defendiam uma revolução sem violência no melhor estilo Antônio Gramsci. Porém, nada adiantou e a vitória da revolução russa ficou com o terrorismo bolchevique, esses, cometendo crimes cruéis contra toda e qualquer pessoa que lá habitava.

Contrário dos bolcheviques, os mencheviques estão hoje em todas as áreas. Vivos e ativos como jamais haviam sido antes. Estão no meio econômico, com congelamentos de preços e intervenções estatais na economia, nas faculdades com o pensamento dialético e socialismo aos moldes gramscistas, que jamais permitirão ao pobre estudante literalmente chapado com toda a ideologia esquerdista acordar e encarar a verdade dos fatos e o mundo como ele verdadeiramente é. Estão também em maioria nos veículos jornalísticos onde possuem o monopólio da “pluralidade” de ideias, onde só um lado da moeda é colocado em pauta.

Conhecidos hoje por socialistas fabianos, foram eles muito bem-sucedidos em seus objetivos ao longo da história e no sistema atual politicamente correto. Criam o Estado paternalista como um sistema de ajuda e caridade não só dos pobres. Sempre os vacinando com todas as “ajudas” que em 4 em 4 anos devem ser levadas em conta na escolha dessas pessoas, como leis trabalhistas aos moldes da carta fascista de Mussolini, aposentadorias e seguros para isso e aquilo e também de sistemas públicos de saúde. O fracasso é de curto, médio e longo prazo. Deus, salve a América!
O socialismo fabiano e sua importância O socialismo fabiano e sua importância Reviewed by O Congressista on 20:14:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.