Baixarias de Alckmin sobre Bolsonaro: rebatendo mentiras e distorções


Por Wilson Oliveira

Na hora do almoço do último sábado (22), parei pra ver a propaganda do Geraldo Alckmin. Não sei como não tive uma indigestão diante de tanta mentira, sem-vergonhice, distorções e cara de pau!

Alguns esclarecimentos são urgentes:

==

"No governo Bolsonaro, o pobre pagará mais imposto"

É uma mentira cretina, que, pior ainda, foi endossada pela grande mídia. Nas duas propostas feitas pela equipe econômica do Governo Bolsonaro, o pobre pagará MENOS imposto do que paga atualmente em ambas, ficando isento do Imposto de Renda - o IR será pago apenas por quem recebe mais de R$ 5 mil por mês.

No meu artigo sobre as propostas econômicas de Paulo Guedes, faltou falar da alíquota do IR, pois o meu foco era desmentir a CPMF. Precisamos tomar muito cuidado com a grande mídia a respeito das propostas econômicas, pois está claro que eles tentam criar um factoide sobre uma inexistente falta de entendimento entre Guedes e Bolsonaro.

E o Geraldo Alckmin está utilizando isso na sua propaganda.

==

"Bolsonaro apoiou Hugo Chávez"

A campanha de Alckmin, assim como o seu PSDB, mostra toda a canalhice, sem-vergonhice e falta de caráter quando afirmam que Bolsonaro elogiou Hugo Chávez e que por isso seu governo seria igual à ditadura venezuelana.

Bolsonaro deu um declaração em 1999 elogiando um político que havia sido eleito democraticamente com um discurso de pôr fim à corrupção na Venezuela. Com Chávez já no poder, o Foro de S. Paulo, organização comunista intercontinental, chegou ao conhecimento de alguns brasileiros. O político que mais criticou esse foro desde então foi Jair Bolsonaro.

As críticas de Bolsonaro assim como o próprio Foro de S. Paulo sempre sempre sempre sempre sempre sempre foram ignoradas pela grande mídia, inclusive pelo PSDB! Repito mais um vez: SEMPRE FORAM IGNORADAS. Portanto, desculpem o termo, é coisa de filho da puta acusá-lo de querer ser igual a Chávez.

O PSDB ocupou o Ministério das Relações Exteriores no governo de Michel Temer, com o motorista de comunista Aloysio Nunes Ferreira, que SE NEGOU a punir a ditadura venezuelana. Por que Geraldo Alckmin não coloca isso na sua propaganda???

==

"Bolsonaro nunca liderou comissão nem partido na Câmara"

Nesta parte Geraldo Alckmin faz uma campanha gratuita a favor de Jair Bolsonaro. Ora, Bolsonaro foi deputado durante o Mensalão, o Petrolão, as malas de dinheiro e todo tipo de esquema de corrupção que podemos imaginar.

Todos esses crimes envolveram lideranças de partidos e de comissões parlamentares, principalmente na Câmara dos Deputados, que se transformou numa farra de propinas durante os 13 anos do Governo PT.

O fato de Jair Bolsonaro não ter liderado comissão nem partido nesse período é mais um indicativo de que ele não participou de nenhum desses esquemas de corrupção, os quais o PSDB sempre teve relação bastante íntima.


*Wilson Oliveira é defensor do retorno da monarquia parlamentar no Brasil. É conservador monarquista, com influências da tradição anglo-saxã do liberalismo clássico, do minarquismo, da Escola Austríaca e da Escola de Chicago. Reside no Rio de Janeiro, é jornalista e editor-chefe de O Congressista.
Baixarias de Alckmin sobre Bolsonaro: rebatendo mentiras e distorções Baixarias de Alckmin sobre Bolsonaro: rebatendo mentiras e distorções Reviewed by Wilson Oliveira on 14:08:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.