Enfim a nova era chegou


Por Henrique de Souza

Enfim a ''nova era'' chegou. Expressão que tomou grandes proporções depois dos famosos ''fanfics'' esquerdistas. Pela primeira vez em sua história, o Brasil terá um presidente assumidamente conservador. O último chefe de Estado que verdadeiramente seguia o conservadorismo foi Dom Pedro II, imperador do Brasil.  

Bolsonaro enfrentou uma campanha política difícil. Em março de 2018 o capitão se filiou ao então nanico PSL, após sair do PSC e ter conversas com o PEN (atual Patriota). Jair Bolsonaro enfrentou uma ampla onda de difamação da mídia e de seus adversários. Com a campanha mais barata da história, o militar derrotou a quadrilha petista representada por Haddad com 55% dos votos válidos no segundo turno.

Nesse dia primeiro de janeiro oficialmente tomou posse. Nomeou ministros de grande qualidade. Dentre os quais podemos destacar o economista Paulo Guedes, que terá ''carta branca'' para montar a equipe econômica e o plano de governo, o ex-juiz federal Sérgio Moro para ministério da justiça, que fez ótimo trabalho na operação Lava Jato. 

Indicados pelo filósofo Olavo de Carvalho temos o conservador Ricardo Vélez Rodrigues para o MEC e Ernesto Araújo para relações exteriores. Outros nomes técnicos escolhidos por Bolsonaro foram Macos Pontes para ciência e tecnologia,  Ricardo Salles para ministério do meio ambiente e Damares Alves, uma grande ativista contra o aborto, para ministério dos direitos humanos, entre outros.

Durante a posse, Bolsonaro fez o mesmo discurso que fez durante a campanha: atacou a ideologia de gênero e ressaltou a importância da família na sociedade; valorizou as raízes cristãs do Brasil e tradições do povo brasileiro; atacou o socialismo; atacou a ''bandidolatria''; defendeu os policiais e o direito à legítima defesa; defendeu a propriedade privada, o livre mercado e redução do Estado; defendeu a importância de se respeitar a lei da responsabilidade fiscal e de gastar menos do que arrecada. E finalizou com seu lema de campanha: ''Brasil acima de tudo, Deus acima de todos''. 

A ''nova era'' representa o fim de sucessivos governos socialistas e social-democratas que destruíram a economia e a moral da sociedade brasileira. Jair Messias Bolsonaro vem para romper com o establishment progressista, para emplacar uma agenda pró-vida, pró-família e pró-mercado para restaurar o Brasil.

A nova era tem início e torcemos para que faça um grande trabalho! E que o pensamento conservador tenha cada vez mais espaço na política nacional. 



*Henrique S. R. Silva é estudante de engenharia química da UNFESP. É um conservador tradicionalista, católico, foi influenciado pelas ideias do liberalismo clássico. Defende o liberalismo econômico, a liberdade individual, a família tradicional,a monarquia, o Estado mínimo e é radicalmente pró vida.
Enfim a nova era chegou Enfim a nova era chegou Reviewed by Unknown on 21:15:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.