Novo titular do MEC ganha apoio do povo brasileiro pra exterminar marxismo cultural

Foto: Fellipe Luiz Villas Bôas

Por Eduardo Vieira

Meu conselho pessoal, de quem ama o Brasil e os estudantes brasileiros, ao novo ministro do MEC, senhor Abraham Weintraub.

Caríssimo ministro.

Em primeiro lugar, que Deus o abençoe e dê forças para a tarefa hercúlea que terá pela frente. Limpar o MEC será mais difícil que limpar as cavalariças de Áugias. Para tanto, o próprio semi-deus usou uma força da natureza, desviando dois rios que passavam nos arredores para lavar todo aquele esterco.

A quantidade de esterco incrustada nas paredes do sistema de ensino é igualmente gigantesca. Para limpar aquela sujeirada, todavia, o senhor tem à sua disposição uma força da natureza, assim como Hércules. Chama-se Povo Brasileiro.

Nunca, nos últimos cinquenta anos, tivemos uma parcela tão grande do nosso povo com tanta vontade de participar e de ajudar o país a se erguer. Para usar esta força tremenda não será necessário cavar um canal nem erguer pedras imensas. Basta alguns twits explicitando suas necessidades e nos informando de suas ações e obstáculos.

O resto, pode deixar conosco.

Esperemos que o senhor se inspire realmente no grande herói grego pois seu trabalho se assemelhará igualmente com a destruição da Hidra de Lerna. Serão muitas cabeças a cortar com muitas outras atrás dessas, esperando sua vez de cuspir veneno.

Desejo-lhe ferocidade, agressividade, vitalidade e senso de estratégia. Ofereço o meu apoio e o de nosso povo que cito aqui absolutamente convicto de sua lealdade e de seu poder de fogo.

O senhor tem muitos aliados de antemão, torcendo e prontos à ação. Faça bom uso dessa força, lhe rogamos.

Com muita esperança me despeço,

Atenciosamente,

Eduardo Vieira
Novo titular do MEC ganha apoio do povo brasileiro pra exterminar marxismo cultural Novo titular do MEC ganha apoio do povo brasileiro pra exterminar marxismo cultural Reviewed by Wilson Oliveira on 23:59:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.