Trapalhada de Glenn destrói plano para soltar Lula, joga esquerda no chão e fortalece Moro


Redação O Congressista

Por volta da meia noite deste sábado (29), o militante petista disfarçado de jornalista Glenn Greenwald apareceu com mais uma de suas "bombas". Um procurador teria supostamente acusado Sérgio Moro de "violar o sistema acusatório".

Mas o nome de um dos promotores que Glenn divulgou chamou a atenção de vários seguidores tão logo o conteúdo foi divulgado. O procurador Ângelo Goulart Vilella, preso por vazar informações da investigação para a JBS, aparece no suposto diálogo dizendo não confiar em Sergio Moro.


Um erro absurdo que salta aos olhos é que o Villela foi preso em 2017, impossibilitando que ele estivesse em um grupo de procuradores ainda em 2018. O ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro já se pronunciou sobre a trapalhada do militante petista.


A divulgação de mais uma "bomba" do Intercept foi tão vergonhosa, com uma clara demonstração de se tratar de fake news devido aos erros grosseiros, que logo virou piada na internet, deixando a oposição ao Governo Bolsonaro completamente derrotada:
Percebendo que sua "denúncia" estava instantaneamente se transformando em piada, Glenn tem uma a ideia genial: ele apagou o primeiro tweet e publicou outro em seguida com o nome do procurador editado, aumentando ainda mais a condição de comédia pastelão de décima terceira categoria. Justamente por ser uma pessoa acostumada a mexer na internet, tendo profundo contato com hackers, ele deveria saber que o registro da sua trapalhada não seria perdido. O erro ficou salvo aqui 

Pouco tempo depois, o procurador presidiário vira apenas "Ângelo". Mas o estrago já estava feito. Se eles mudam os nomes com o soprar dos ventos, o que os impede de mudar qualquer coisa nessas mensagens atribuídas ao agentes da Lava Jato?


O desatino de Glenn pode acabar jogando água no chopp de Lula, que contava com o militante disfarçado de jornalista para sair da cadeia. A extrema-esquerda conta como certo o voto de Celso de Melo para a soltura do comandante máximo do esquema criminoso do petista.

Porém, depois dessa entregada de bandeja de que as "bombas" do Intercept não passam de teatro malfeito, de nível rasteiro, o STF, mesmo com a sua tradição de decisões questionáveis, fica numa situação complicada para declarar Sérgio Moro suspeito, assim como para conceder o habeas corpus de Lula daqui alguns meses.

A tentativa de Gleen Greenwald de soltar os criminosos de Lava Jato, de destruir Sérgio Moro e de enfraquecer o Governo Bolsonaro foi um tiro no própria cara, que coloca a oposição no chão e de quebra ainda frustra os jornalistas que estão desesperados buscando uma forma de anular as ações do Planalto.




Trapalhada de Glenn destrói plano para soltar Lula, joga esquerda no chão e fortalece Moro Trapalhada de Glenn destrói plano para soltar Lula, joga esquerda no chão e fortalece Moro Reviewed by Villas Boas on 13:48:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.