"Politicamente correto" contribui para multiplicação de mendigos, diz especialista


Wilson Oliveira

Neste domingo, dois homens morreram esfaqueados por um morador de rua em um dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro. Na ação, outras cinco pessoas ficaram feridas, entre elas o próprio assassino e a esposa de uma das vítimas. Para Roberto Motta, especialista em segurança pública, o "politicamente correto" contribui para a multiplicação de mendigos por impedir o reconhecimento da realidade violenta que essa situação proporciona.





Roberto Motta prosseguiu com suas publicações no Twitter apontando outras duas situações, uma que poderia ser uma solução para diluir o problema, que é o armamento civil, e outra que acaba piorando ainda mais a gravidade desse tema, que é a forma que a grande mídia aborda a questão do aumento de mendigos em grandes metrópoles como o Rio de Janeiro, com uma espécie de visão romantizada.





Roberto Motta elencou citando uma série de culpados, incluindo instituições como a Defensoria Pública, o Ministério Público, a Prefeitura, os signatários do Termo de Ajuste de Conduta, os ideólogos que tomaram escolas, universidades e mídia e o vereador do PT Reimont, também conhecido como "Cabeça de Balão", autor da lei que criou a “política municipal da população em situação de rua”.





Um perfil em homenagem ao filósofo Olavo de Carvalho também tratou neste domingo sobre criminalidade. No post também no Twitter, o perfil lembrou que muitos dos responsáveis atuais por estabelecer políticas de "segurança pública", no passado ensinaram técnicas de guerrilha urbana para criminosos comuns, colaborando para o surgimento das facções terroristas PCC e Comando Vermelho.

Como mostra o filme brasileiro Quase Dois Irmãos, de 2004, nos anos 70, quando o país vivia sob a Regime Militar, muitos 'presos políticos' foram levados para a Penitenciária da Ilha Grande, na costa do Rio de Janeiro. Da mesma forma como os políticos, assaltantes de bancos também estavam submetidos à Lei de Segurança Nacional. Ambos cumpriam pena na mesma galeria. O encontro entre esses dois mundos é parte importante da história da violência que o País enfrenta hoje. "Quase Dois Irmãos" mostra como essa relação se desenvolveu e o conflito estabelecido entre eles. Entre o conflito e o aprendizado, nasceu o Comando Vermelho, que mais tarde passou a dominar o tráfico de drogas.


Estamos nos esforçando para mostrar as coisas boas que os conservadores estão fazendo pelo Brasil. Se você nos ajudar, poderemos publicar mais artigos como esse. Visite o nosso Apoia.se!
"Politicamente correto" contribui para multiplicação de mendigos, diz especialista "Politicamente correto" contribui para multiplicação de mendigos, diz especialista Reviewed by Wilson Oliveira on 22:12:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.