Bolsonaro demonstra orgulho por ver criminosos reclamando do seu governo


Por Wilson Oliveira

Em uma mensagem publicada no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro demonstrou sentir orgulho por ver todos os segmentos da criminalidade reclamando do seu governo. A postagem é uma resposta ao áudio de um líder do PPC reclamando que não há mais diálogo com o atual governo federal, sendo que antes obtinham um "diálogo cabuloso com o PT", e com xingamentos ao ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.



O Jornal da Record exibiu gravações a partir de uma investigação do Ministério Público do Paraná revelando pela primeira vez o impacto que as transferências dos chefes da maior facção do país para presídios federais causou na comunicação interna da quadrilha. Nas escutas, autorizadas pela Justiça, quem fala é Alexsandro Pereira, conhecido como Elias, que era o tesoureiro nacional da organização criminosa e foi preso nesta semana. Em uma das conversas, ele reclama das ações do atual governo, especialmente de Sérgio Moro, e diz que o diálogo era mais fácil em gestões anteriores.



O deputado federal Paulo Eduardo Martins lembrou que a ex-presidente Dilma Rousseff defendia um diálogo com o Estado Islâmico, o que, na interpretação de Martins, mostra a vocação do PT "para o diálogo".



O comentarista político Bernardo P. Küster afirmou, também em seu Twitter, que o áudio comprova de uma vez por todas para todos os brasileiros a relação do PT com as maiores organizações criminosas do Brasil.



Já o comentarista Leandro Ruschel foi além e defendeu a abertura de uma CPI para investigar essa relação, deixando no ar qual parlamentar poderia liderar essa iniciativa.

Estamos nos esforçando para mostrar as coisas boas que os conservadores estão fazendo pelo Brasil. Se você nos ajudar, poderemos publicar mais artigos como esse. Visite o nosso Apoia.se!
Bolsonaro demonstra orgulho por ver criminosos reclamando do seu governo Bolsonaro demonstra orgulho por ver criminosos reclamando do seu governo Reviewed by Wilson Oliveira on 14:51:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.