SP recebe passeata pelo Museu Nacional e contra "descaso criminoso da esquerda"


Por Wilson Oliveira

Neste domingo, às 13h30, a Avenida Paulista recebe uma passeata organizada por monarquistas em memória do Museu Nacional, localizado no Rio de Janeiro, cujo incêndio completa um ano justamente neste 2 de setembro. A concentração será em frente ao prédio da Fiesp. O grupo "Ascensão Imperial" é o responsável pela organização do ato. Na convocação, os manifestantes são estimulados a levarem bandeiras do Brasil Império.

"Essa data não pode passar batida. O dia do Incêndio do Museu simboliza o típico descaso das autoridades brasileiras com os bens públicos, o desinteresse criminoso das esquerdas e a apatia do brasileiro em relação a sua própria história. E para a causa monarquista, esse dia representa para muitos um verdadeiro turning point", disse Nicolas Oliveira, um dos organizados da passeata.

Um incêndio de grandes proporções destruiu o Museu Nacional, na Zona Norte do Rio, na madrugada do dia 2 para o dia 3 de setembro de 2019. O local ostentava o maior acervo de história natural do Brasil, com mais de 20 milhões de itens, como fósseis, múmias, peças indígenas e livros raros.

Criado por D. João VI em 1818, o museu completou 200 anos em junho do ano passado. Era a instituição científica mais antiga do país, com coleções de geologia, paleontologia, botânica, zoologia, antropologia biológica, arqueologia e etnologia. Foi lá que a princesa Leopoldina, casada com D. Pedro I, assinou a Declaração de Independência do Brasil em 1822.


SP recebe passeata pelo Museu Nacional e contra "descaso criminoso da esquerda" SP recebe passeata pelo Museu Nacional e contra "descaso criminoso da esquerda" Reviewed by Wilson Oliveira on 23:26:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.