Ecoterrorismo globalista usa menina com transtornos como escudo


Redação O Congressista

Greta Thunberg é mais vítima do que algoz do terrorismo climático.

Nos últimos dias vimos a jovem Greta Thunberg ser alçada aos holofotes mundiais graças ao seu discurso contra as "mudanças climáticas".

Greta já foi diagnosticada com Síndrome de Aspergertranstorno obsessivo-compulsivo e mutismo seletivo.

Apesar das denúncias de que Greta e seus familiares estão usando sua popularidade para ganhos financeiros, ela parece ser penas mais uma jovem europeia que, assim como tantas outras, é bombardeada a todo momento pela propaganda ecoterrorista que é veiculada por toda a Europa.

Se você acha que a Rede Globo manipula informações, sugiro que tente assistir meia hora de qualquer emissora da Europa.

Não se assuste se na hora do almoço você ver na televisão um programa onde dissecam um peixe em busca de materiais feitos pelo homem.

Ou no jantar você assistir a uma simulação, daquelas ao estilo Al Gore dizendo que as geleiras estariam derretidas antes de 2014, mostrando os mais catastróficos cenários possíveis e imagináveis, nenhum ser humano aguenta.


E é assim a Europa moderna. Jovens assustados e com medo do futuro, a massa de manobra perfeita para a manutenção do projeto de poder europeu.

Que como bem alertado por Boris Johnson, querem um superestado aos moldes nazistas. Cabe aos Europeus escaparem das garras da União Europeia e da mídia discípula de Goebbels, antes que eles levem a Europa à ruína.

E em seguida o resto do mundo.

Estamos nos esforçando para mostrar as coisas boas que os conservadores estão fazendo pelo Brasil. Se você nos ajudar, poderemos publicar mais artigos como esse. Visite o nosso Apoia.se!
Ecoterrorismo globalista usa menina com transtornos como escudo Ecoterrorismo globalista usa menina com transtornos como escudo Reviewed by Villas Boas on 09:31:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.