“Centrão é o maior inimigo do povo brasileiro”, declara deputado Luiz Philippe de Orleans


Por Wilson Oliveira

O deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança, príncipe da Família Real, declarou em entrevista para o jornal “Estadão” que o centrão (grupo parlamentar que reúne vários partidos no Congresso e se declara independente) é o maior inimigo do povo brasileiro. O Príncipe, um dos mais aclamados da bancada bolsonarista, também colocou o centrão como maior oposição ao governo.

“O Centrão é a maior oposição. O Centrão está desapegado da sociedade por natureza. Eles não são representativos da sociedade, eles são do sistema. Eles vão se eleger porque o sistema vai elegê-los, então dane-se a sociedade para eles. Esse é o maior inimigo, o sistema e os representantes do sistema”, disse o deputado fiel aliado de Bolsonaro.

Luiz Philippe justificou sua fala explicando que esses são os deputados que votam contra todas as boas mudanças políticas, que defendem o aumento do fundo eleitoral, que são contra o aumento da transparência, que ignoram as demandas dos eleitores e que só pensam em reforçar o poder dos partidos e dos seus donos.

“O Centrão (está) acostumado a apadrinhar prefeitos, a passar emenda parlamentar para se eleger numa aliança futura, tem cabos eleitorais pagos pelo gabinete durante todo o ano e que trabalha no ciclo eleitoral. O dinheiro público jogado para o sistema político não tem mais cabimento”, disparou o Príncipe.

Perguntado sobre o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ), Luiz Philippe disse que não sabe definí-lo, mas que prefere uma ruptura e que o governo se beneficiaria muito mais se a Câmara fosse presidida por um aliado.

“O Rodrigo Maia é uma incógnita para mim. Não sei dizer se foi um erro ou um acerto. Sem dúvida houve dissonâncias ao longo do ano. Agora, para equilibrar o jogo dentro do Congresso... O Rodrigo Maia conseguiu fazer algumas coisas, minimizando o desgaste. Eu, particularmente, prefiro a ruptura. A gente se beneficiaria de uma Câmara liderada por quem está em simbiose com o governo”, concluiu.

Aliança Pelo Brasil, o novo partido dos bolsonaristas

O deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança acredita que o novo partido de Bolsonaro que está em formação, o Aliança pelo Brasil, tem capacidade para nas próximas eleições eleger de 20% a 30% do Congresso Nacional. Na entrevista, ele definiu como atuará a legenda, que ele está ajudando a construir.

“Valorização do nosso patrimônio, uma visão que dominou o século 20. O manifesto tem nacionalismo, em termos de política externa, é conservador nos costumes e totalmente capitalista. Uma postura mais sã, uma visão que formou os grandes países. Teremos a proteção da cidadania, do território, dos valores e da livre-iniciativa. É realmente o primeiro partido conservador. Vamos evitar gente ruim, ficha-suja, condenado em segunda instância, terrorista, invasor de terra, quem faz piquete destrutivo da ordem pública”, disse.

Perguntado se iria disputar a Prefeitura de São Paulo pelo Aliança, Luiz Philippe afirmou que não tem “nenhum plano eleitoral”. O Príncipe revelou que não tinha ambição nem de ser deputado. Mas ele também disse que por outro lado pode se apresentar para concorrer se tiver chance de ganhar e se for necessário para impedir a vitória de pessoas ou de projetos errados.

Estamos nos esforçando para mostrar as coisas boas que os conservadores estão fazendo pelo Brasil. Se você nos ajudar, poderemos publicar mais artigos como esse. Visite o nosso Apoia.se!
“Centrão é o maior inimigo do povo brasileiro”, declara deputado Luiz Philippe de Orleans “Centrão é o maior inimigo do povo brasileiro”, declara deputado Luiz Philippe de Orleans Reviewed by Wilson Oliveira on 20:26:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.