Aliados de Bolsonaro voltarão com campanha de assinaturas do Aliança pelo Brasil


A base governista do presidente Jair Bolsonaro retornará com a campanha de coletas de assinatura para o registro do Aliança pelo Brasil.

Até o momento, o partido, que será o primeiro conservador desde o fim do Regime Militar, tem 15 mil assinaturas validadas, com uma concentração de apoio nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina - ambos somados correspondem a 30% do total.

A previsão é que o partido obtenha seu registro no Tribunal Superior Eleitoral até o final deste ano. Muitos apoiadores do Aliança manifestaram o desejo de votarem na legenda nas eleições municipais deste ano.

Um dos responsáveis pela formação do Aliança pelo Brasil, o deputado federal Eduardo Bolsonaro tem explicado essa questão nas lives organizadas pelos colaboradores da legenda.

Eduardo tem esclarecido que não houve uma pressa para esse registro justamente para se evitar o erro cometido no PSL, onde vários candidatos, que depois pode-se perceber que não eram conservadores, disputaram o pleito de 2018 nas costas de Jair Bolsonaro.

Recentemente, o perfil Conservador Irritado chegou a fazer uma crítica no Twitter, afirmando que os deputados federais que irão se filiar ao Aliança pelo Brasil tão logo o partido seja registrado deveriam falar sobre a legenda todos os dias nas redes sociais.



Centralismo democrático: o controle esquerdista da democracia [confira o vídeo abaixo]



Ajude O Congressista a crescer. Jornalismo sério custa dinheiro. Faça-nos uma doação através do nosso Apoia.se!
Aliados de Bolsonaro voltarão com campanha de assinaturas do Aliança pelo Brasil Aliados de Bolsonaro voltarão com campanha de assinaturas do Aliança pelo Brasil Reviewed by Wilson Oliveira on 00:10:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.