Cresce pressão para Bolsonaro tomar uma atitude contra os ataques que tem sofrido


Por Redação O Congressista

Nesta segunda-feira (08/06), o site O Antagonista fez uma publicação com o seguinte título "A especialidade de Bolsonaro é matar". Logo na primeira frase da nota, apoiadoras do presidente foram chamadas de "macacas". A publicação causou um aumento expressivo na pressão para que o presidente Bolsonaro tome uma atitude, reforçando as pesadas críticas que Olavo de Carvalho fez no final de semana.

O editor-chefe do Terça Livre, Allan dos Santos, cobrou que o ministro da Justiça André Mendonça acorde:



Editor-chefe de O Congressista, Wilson Oliveira afirmou que Bolsonaro apanhar calado é pior do que qualquer coisa dita ou feita por esquerda e mídia:



O perfil "Conservador Irritado", que tem como marca fazer pesadas críticas aos erros da direita, postou nesta noite uma série de tweets pedindo as demissões do secretário de comunicação, do ministro da justiça e do ministro-chefe da secretaria de governo.

O perfil disse que os 57 milhões de eleitores não elegeram Bolsonaro para agora assistir "qualquer vagabundo chamando o presidente de fascista e genocida enquanto a presidência só fica na rede social sem nenhuma atitude efetiva".

Confira:









Assista ao vídeo de análise de O Congressista TV: "O lado da direita na guerra de narrativas - parte 1":



Ajude O Congressista a crescer. Jornalismo sério custa dinheiro. Faça-nos uma doação através do nosso Apoia.se!
Cresce pressão para Bolsonaro tomar uma atitude contra os ataques que tem sofrido Cresce pressão para Bolsonaro tomar uma atitude contra os ataques que tem sofrido Reviewed by O Congressista on 21:32:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.