Deputado do centrão critica prisão de Queiroz: "Foi para desmoralizar Bolsonaro"


Líder da Bancada da Segurança Pública, conhecida como Bancada da Bala, o deputado federal Capitão Augusto (PL-SP) criticou a prisão de Queiroz, ocorrida na manhã desta quinta-feira. Segundo Augusto, a operação foi feita para desmoralizar o presidente Jair Bolsonaro. As informações são da Revista Oeste.

"A prisão foi feita para desmoralizar a família Bolsonaro, confundir a população, e justificar o que realmente querem: a derrubada do Presidente", afirmou o Capitão Augusto.

A língua do deputado estava bastante afiada. Ele afirmou que um governo de direita está incomodando mais do que se poderia imaginar e denunciou a existência de um complô entre poderes legislativo, judiciário e mídia contra Bolsonaro.

"A eleição de um político assumidamente de direita, conservador nos costumes, liberal na economia, está incomodando muito mais do que todos nós imaginávamos. Isso porque estamos vendo um verdadeiro complô entre os poderes legislativo e judiciário. Além disso, estes poderes estão aliados ao quarto poder, à grande imprensa, e por diversos políticos e líderes partidários.

Ainda de acordo com a reportagem da Oeste, Augusto afirmou que nenhuma prova contra Flávio, muito menos contra Jair, será encontrada.

“Não haverá nenhuma prova contra Flavio Bolsonaro e muito menos contra o Presidente Bolsonaro no caso Queiroz. Essa estrutura montada pela esquerda usará ao máximo, junto com a imprensa, para tentar enfraquecer e derrubar o Presidente Bolsonaro", disse o parlamentar, que comanda uma bancada com 340 deputados.

Assista ao vídeo de análise de O Congressista TV: "Guerra de narrativas: a direita precisa defender a democracia":



Ajude O Congressista a crescer. Jornalismo sério custa dinheiro. Faça-nos uma doação através do nosso Apoia.se!
Deputado do centrão critica prisão de Queiroz: "Foi para desmoralizar Bolsonaro" Deputado do centrão critica prisão de Queiroz: "Foi para desmoralizar Bolsonaro" Reviewed by Wilson Oliveira on 13:46:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.