Em carta, arcebispo católico pede para Trump combater globalismo

18:06:00 0 ''


Por Wilson Oliveira

O Arcebispo da Santa Igreja Católica Carlo Maria Viganò enviou uma carta ao presidente Donald Trump pedindo que ele combata o globalismo. Na carta, traduzida em para o português por um internauta chamado Davi, Viganó disse que os globalistas são "filhos das trevas". O arcebispo também afirmou que embora sejam minoria na sociedade, ocupam postos estratégicos.

"Não possuem princípios morais, que querem demolir a família e a nação, exploram os trabalhadores para se tornarem indevidamente ricos, fomentam divisões e guerras internas e acumulam poder e dinheiro", disse Viganó referindo-se aos globalistas.

"Na sociedade, Sr. Presidente, essas duas realidades opostas coexistem como inimigos eternos, assim como Deus e Satanás são inimigos eternos", disse Carlo Maria.

O arcebispo acredita que investigações sobre desvios cometidos aproveitando-se da pandemia causada pela covid-19 irão desmascarar os globalistas para o mundo inteiro.

"As investigações já em andamento revelarão a verdadeira responsabilidade daqueles que administraram a emergência Covid, não apenas na área de saúde, mas também na política, na economia e na mídia. Provavelmente descobriremos que nesta operação colossal de engenharia social há pessoas que decidiram o destino da humanidade, arrogando para si mesmas o direito de agir contra a vontade dos cidadãos e seus representantes nos governos das nações", afirmou.

O arcebispo acredita que os tumultos causados ao redor do mundo é culpa justamente desse ímpeto progressista de controlar tudo e todos.

"Também descobriremos que os tumultos nos dias de hoje foram provocados por aqueles que, vendo que o vírus está inevitavelmente desaparecendo e que o alarme social da pandemia está diminuindo, necessariamente tiveram que provocar distúrbios civis, porque seriam seguidos por repressão que, embora legítima, poderia ser condenada como uma agressão injustificada contra a população", escreveu Viganó.

Clique aqui para ler a carta completa. O presidente Donald Trump publicou em seu Twitter uma matéria sobre a carta:



Assista abaixo ao vídeo do canal O Congressista TV: "China é culpada pelas mortes de covid-19 no mundo, diz chefe de jornal alemão"



Ajude O Congressista a crescer. Jornalismo sério custa dinheiro. Faça-nos uma doação através do nosso Apoia.se!