"Gordo viado": servidor esquerdista xinga Maia por não abrir impeachment de Bolsonaro


Um servidor do Congresso chamou o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia de "gordo viado", revelou a O Congressista uma fonte ligada ao Congresso. O motivo do xingamento se deve ao fato de Maia ter defendido que não é momento para se falar em impeachment do presidente Jair Bolsonaro, mas sim na superação da pandemia do coronavírus.

"Aquele gordo viado está sentado em cima de todos os pedidos de impeachment do Bozo. Ninguém vai conseguir tirar algum pedido debaixo daquela bunda gorda", esbravejou o servidor público em conversa com outros servidores. O autor dessa ofensa é conhecido por seus pares como um radical defensor dos políticos de extrema-esquerda.

Conforme informou o Portal R7, Rodrigo Maia defendeu que Bolsonaro não tem nenhum posicionamento antidemocrático. O presidente da Câmara disse que o chefe do poder executivo precisa "tomar cuidado" com algumas "sinalizações dúbias", mas que ele deve concluir seu mandato presidencial.

Partidos da extrema-esquerda estão completamente frustrados com o posicionamento de Rodrigo Maia e estão se articulando para lançarem um candidato único na eleição para presidente da Câmara, em fevereiro de 2021. Nos bastidores do Congresso, parlamentares esquerdistas têm dito que a principal missão do ano que vem é retirar Bolsonaro da presidência.

Assista ao vídeo de análise de O Congressista TV: "O lado da direita na guerra de narrativas - parte 1":



Ajude O Congressista a crescer. Jornalismo sério custa dinheiro. Faça-nos uma doação através do nosso Apoia.se!
"Gordo viado": servidor esquerdista xinga Maia por não abrir impeachment de Bolsonaro "Gordo viado": servidor esquerdista xinga Maia por não abrir impeachment de Bolsonaro Reviewed by Wilson Oliveira on 16:20:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.