Ministério da Saúde responde Globo: "JN induz telespectador ao erro"


O Ministério da Saúde divulgou uma nota oficial afirmando que uma fala durante o Jornal Nacional, da TV Globo, desta última segunda-feira (08/06), sobre a mudança na divulgação dos dados de óbitos da covid-19 induz o telespectador ao erro.

Um dos trechos do texto diz que "a curva por data de óbito ao longo do tempo, não somente nas últimas 24 horas como afirmou o Jornal Nacional, auxilia a entender a dinâmica da doença e a necessidade de esforços do Poder Público".

A publicação no portal oficial do MS explica que "em adicional às informações divulgadas atualmente, em nova plataforma interativa, deve apresentar também os óbitos em suas datas de ocorrência. Atualmente, são divulgados os resultados laboratoriais notificados diariamente, independente do dia do falecimento do paciente. Há casos de resultados laboratoriais de mortes registradas há semanas, mas que contam para a contabilidade do dia".

O Ministério adiciona à explicação que "com o aumento dos testes e da capacitação de laboratórios e de profissionais, a rede pública vem aumentando sua capacidade de diagnóstico. Ou seja, os usuários da nova plataforma conseguirão visualizar quantas mortes foram notificadas no dia e a que data se refere cada óbito".

Clique aqui para ler a nota oficial no site do Ministério da Saúde.

Assista ao vídeo de análise de O Congressista TV: "O lado da direita na guerra de narrativas - parte 1":



Ajude O Congressista a crescer. Jornalismo sério custa dinheiro. Faça-nos uma doação através do nosso Apoia.se!
Ministério da Saúde responde Globo: "JN induz telespectador ao erro" Ministério da Saúde responde Globo: "JN induz telespectador ao erro" Reviewed by Wilson Oliveira on 16:10:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.