Bolsonaro marca golaço ao mandar mensagem de solidariedade à vítima de racismo


O Congressista 

Em Valinhos, no interior de São Paulo, um entregador foi discriminado por um homem por conta da sua cor da pele, da sua classe social e da sua profissão. As ofensas foram gravadas em um vídeo que circulou na internet. Na gravação, é possível escutar os adjetivos "lixo” e “semianalfabeto”. O agressor também afirma ser invejado pelo motoboy por morar em um condomínio e ter a pele branca. 

O caso ganhou grande repercussão pelo fato do vídeo ter sido compartilhado pelo secretário de Cultura do Governo Bolsonaro, o ator Mario Frias, que na publicação pediu punição rigorosa ao agressor, chamando-o de canalha. Muitos usuários na internet deram razão a Frias e repudiaram o ato do agressor. 

Evidenciando uma nova fase na comunicação, muito mais criteriosa e cuidadosa, o presidente Jair Bolsonaro também se manifestou, afirmando que a indignação dos brasileiros tem que servir de lição para que atos como esse não se repitam e que ninguém é melhor do que ninguém por conta de sua cor, crença, classe social ou opção sexual. Foram as palavras perfeitas, no timing exato. 

A declaração do presidente foi um golaço e até mesmo o Jornal Nacional desta sexta-feira reproduziu as palavras do presidente, não de forma integral, mas de forma literal, com quase todas as frases sendo citadas. Pode parecer pouco para quem não está ambientado no ramo da comunicação, mas com isso Jair Bolsonaro conseguiu aparecer de forma positiva para um público que é bombardeado diariamente com notícias negativas sobre o seu governo. E estamos falando de pessoas que não são simpáticas à figura do presidente. 

Quando um chefe de estado se manifesta através de uma nota oficial - ou mesmo de um texto publicado nas redes sociais, como foi o caso - sobre um fato que ganhou repercussão nacional no seu país, os veículos de comunicação não têm outra opção a não ser reproduzir as palavras daquela autoridade. Trata-se de uma obrigação jornalística que não permite escapatória. Para quem é formado em Jornalismo, essa questão é muito básica, chega a ser óbvia. Mas por algum motivo ficou mais de um ano negligenciada pela comunicação do atual governo federal. 

Desde que assumiu o ministério das Telecomunicações, Fabio Faria promoveu mudanças importantíssimas na comunicação do governo. E o resultado está sendo o melhor possível: Bolsonaro continua aparecendo de forma positiva para todos os que lhe apoiam, mas tornou muito mais complicada a vida dos que querem tentar destruir a sua imagem, principalmente jornalistas. E agora foi a vez de Mario Frias dar um empurrãozinho para Bolsonaro aumentar o nível e mostrar mais excelência na forma de se comunicar. 

Essa guinada comunicacional, que felizmente parece ter enterrado de vez entrevistas na base do improviso, com declarações intempestivas e descontroladas do presidente, com direito e desaforos e expressões que traziam prejuízos ao Governo, pelo visto veio para ficar. É ótimo que assim seja! O trabalho começa a mostrar uma virtude que estava faltando, e em um momento bastante promissor, pois nesta semana uma pesquisa do site Poder 360 mostrou que a avaliação de Bolsonaro voltou a subir, recuperando os pontos percentuais que foram perdidos durante a pandemia. 

VEJA TAMBÉM NO VÍDEO ABAIXO:

Comentando matéria da Veja sobre vitória de Bolsonaro em pesquisa



Ajude O Congressista a crescer. Jornalismo sério custa dinheiro. Faça-nos uma doação através do nosso Apoia.se!
Bolsonaro marca golaço ao mandar mensagem de solidariedade à vítima de racismo Bolsonaro marca golaço ao mandar mensagem de solidariedade à vítima de racismo Reviewed by Wilson Oliveira on 11:20:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

Tecnologia do Blogger.