Resenha Política #03: ''Já comemoramos, agora precisamos cobrar Arthur Lira''

21:21:00 0 ''



Com apoio do presidente Jair Bolsonaro, Arthur Lira (PP) foi eleito presidente da Câmara dos Deputados, derrotando Baleia Rossi, candidato apoiado por Rodrigo Maia. Mas e agora, o que os conservadores devem esperar? Confira o posicionamento de cada um dos colunistas de O Congressista

Raul Prudens

Arthur Lira, em entrevista à CNN Brasil, mostrou como a grande mídia brasileira, no afã de fazer interpretações que atendam aos seus interesses interpretativos, acaba colocando maldade onde, tecnicamente falando, não deveria colocar. Ter uma pessoa com esse perfil, que não tem medo de responder "na lata", na presidência da Câmara, será ótimo para Bolsonaro, que agora não será o único no centro do poder com a fama de dizer o que pensa mesmo que isso não seja meigo e fofo.

Antônio Fidelium

A comemoração da direita foi bastante exacerbada. Arthur Lira não é um de nós, não é direitista, não é conservador. Ele sempre foi e sempre será um membro do centrão, da velha política, de tudo aquilo que queremos (ou queríamos...) combater entre 2015 e 2018. Me assusta ver como Bolsonaro e seus seguidores mais fanatizados ficaram dóceis com quem sempre ignorou nossos interesses. É lógico que uma vitória de Baleia Rossi seria pior, pois provavelmente ele seria uma terrível continuação de Maia. Mas o momento pede muito mais olhos abertos do que gritos efusivos. Quero ver quantas reformas e privatizações Arthur Lira conseguirá aprovar.

Lucas Fraternais

A derrota de Baleia Rossi não é apenas uma derrota da esquerda e de Rodrigo Maia, mas também da grande mídia, de Sergio Moro, de João Doria, do assessor golspista de Hamilton Mourão e de todos aqueles que sonhavam em travar o Brasil para destruir o presidente Jair Bolsonaro. Por uma questão de justiça, reconheço os méritos do ministro Luiz Eduardo Ramos, tão criticado por nós conservadores, mas que nesta eleição da Câmara foi bastante sagaz para acender uma luz de esperança que de agora por diante o governo Bolsonaro irá decolar, o que significa que o Brasil terá muitas notícias ótimas, com recuperação da economia.

Isadora Salutem

Baleia Rossi foi derrotado, a presidência de Maia à frente da Câmara acabou, ok. Agora o motivo para comemorações terminou. A direita precisa focar em cobrar que Arthur Lira realmente ajude o governo a aprovar reformas e privatizações. Essas pautas não são exclusivas de Bolsonaro - embora seja evidente que suas aprovações serão decisivas para a reeleição do presidente -, mas são totalmente de interesse do Brasil. Porém, eu tenho certeza que se a direita dormir no ponto ou se distrair com coisas inúteis, o Congresso não vai trabalhar no piloto automático. Sempre precisamos lembrar que os parlamentares conservadores lá dentro são minoria da minoria e que nós, infelizmente, estamos nas mãos do centrão, um grupo político totalmente fisiologista.

 ------------------------------------------------- 

Quatro conservadores aceitaram o convite de O Congressista e se disponibilizaram a realizar debates por escrito de todos os temas que forem propostos. No entanto, eles pediram para utilizar nomes fictícios para não serem reconhecidos e não sofrerem represálias em seus locais de trabalho, pois os quatro trabalham em ambientes dominados pela esquerda. 

Siga os participantes do Resenha Política, através dos seus codinomes, no Twitter: